sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Sobre o assunto blogosférico do momento

É rara a vez que se abre uma caixa de comentários por esta blogosfera e não se leia pelo menos um comentário desagradável. Não se tratam de críticas construtivas. Tratam-se de autênticas faltas de respeito, verdadeiros atentados à boa educação (e à minha paciência, porque aqui impera a tolerância zero a comentários desses). Quando criei este blog decidi logo que os comentários teriam moderação porque já suspeitava que gente idiota e mal-formada aparecesse por cá. Durante uns tempos tudo correu pelo melhor até que começaram a chegar os tais comentários, mas poucos, felizmente. Sinceramente eu sempre pensei que iria reagir mal quando aparecesse o primeiro, mas quando esse dia chegou eu limitei-me a eliminá-lo. Sem dó nem piedade. Não dou tempo de antena a pessoas que abusam do direito que têm de opinar. Há muita gente a ficar incrédula com esta censura, gostam muito de se vitimizar, mas aqui é assim que funciona. Fosse o mundo um lugar perfeito, onde não existiria a inveja da vida alheia, o desrespeito tão acentuado pelo próximo e tudo seria diferente. Mas isso é utópico. Há pessoas que não conseguem perceber porque é que os seus comentários não são publicados, quando no fundo é a "opinião" delas. Eu não considero vaias como "filho da puta", "estupor", "parvo" e outros que tais opiniões. Considero ofensas, não acrescentam nada de novo nem de bom à discussão e, portanto, não merecem protagonismo. A blogosfera, ou mais especificamente os comentadores da blogosfera e quem escreve nos seus blogs sobre outros bloggers, têm de compreender que nem tudo pode ser dito. Pode ser pensado. Comentamos para nós, dizemos ao vizinho e deve ficar por aí. Porque nem tudo é permitido. É preciso ter filtro e discernimento. Passar a vida a parodiar o que outros fazem ou dizem não dá um ar de piada. Dá só um ar tonto. E mostra uma imensa preocupação com a vida alheia, mesmo quando apregoam aos quatros ventos que não se trata de inveja. Portanto gente ressabiada que por aqui anda: se andam descontentes com a blogosfera, vão passear, vejam mais séries. Se não gostam do que um blogger escreve, se não se identificam, mas mesmo assim não conseguem deixar de andar por cá (eu percebo, isto é engraçado), encontrem outros blogs que vos encham as medidas. Mas abandonem a má educação. O respeito é de muito bom gosto não é verdade? Vejam bem, até os bloggers gostam.

Agora sim, estou muito mais aliviado. Há muito que esta me andava atravessada.

6 comentários:

Roxanne disse...

parece simples! mas muita gente não entende essa simplicidade. há peixinhos de aquário mais espertos que muita gente... é a minha conclusão.

eu quando li o que a Sónia (cócó) teve que ler a proposito do acidente do Manel fiquei capaz de esganar alguém!

o único problema do miúdo é ser sportinguista! e nem isso merece as maldades desta gente estúpida! (aliviando um bocadito o tema!)

Nico disse...

Clap, clap, clap! De pé.

Batata Frita disse...

Muito bem dito! Isto sim, é atitude.

Simplesmente... Sophia disse...

Olá Johnny.
Envolvi-me recentemente com a blogosfera, possuo um blogue e, felizmente, talvez por ser uma coisa muito recente, ainda não recebi nenhum comentário que soe a falta de respeito. Mas, tal como tu, não vejo isso com bons olhos. Aprecio comentários honestos e construtivos. Gosto sempre que os outros tenham algo a dizer desde que não seja propaganda gratuita que não adianta nem atrasa. Penso que só assim, tanto na vida real como na virtual, nos conseguiremos melhorar e, possivelmente, melhorar os outros.

maria madeira disse...

Boa! É assim mesmo.

Mochinho s disse...

Gostei do que escreveu e posso dizer-lhe que passei recentemente por isso, quase fiquei tentada a responder mas optei por ignorar! Força