terça-feira, 1 de março de 2011

Meus amigos, deixem-me que vos diga que ter um professor rebarbado pelas alunas não é fácil. Nós, homens, ou rapazes, como preferirem, ficamos sempre em desvantagem. A elas basta-lhes a presença no auditório para levarem um avanço de 4 valores. Para além disso, somam-se mais 5 valores àquelas que não têm pudores de levar decotes enormes e push-ups. E nós? Será que o professor nos dá algum crédito e nos sobe a nota por convencermos a colega de grupo a ir de mini-saia no dia da apresentação? Fica a dúvida e o lamento. E o pedido para contratarem uma professora rebarbada pelos rapazes. Só para equilibrar a coisa.

5 comentários:

Roxanne disse...

eu tive uma deliciada com os meninos. nunca vi tanto homem na fila da frente! até ela começar a fazer lhes perguntas. ai deixou de lhes interessar os decotes e as mini saias das professoras!

Fi disse...

Eu já tive uma professora dessas! Tudo o que era menino só por ir à aula tinha a cadeira quase feita... Mas não eram coisas dignas de se verem, a senhora já tinha uma bela idade para ter juízo... Ouvi dizer que houve um rapazito que se aborreceu e processou a senhora.

Ice Cream disse...

Não vás por aí, tenho um professor que só começa as aulas quando estão todos os rapazaes presentes! Enche chouriços até eles chegarem, mas se falta uma rapariga começa a aula e ela tem falta.

du disse...

isso tem dois lados da moeda, mas a proporção é claramente favorável às mulheres

consta que subi 4 valores numa prova oral (daquelas em que se fala) à custa de me ter vestido em modos.
ainda hoje, passados 7 anos, a professora me lança uma certa simpatia.

Adolescente disse...

É verdade, tinha uma amiga que andava sempre com os tais decotes, coitada não devia muito à inteligência.. mas teve sempre mais uns 2 ou 3 valores que o resto do pessoal numa certa disciplina com um certo professor que gostava de ditar a matéria mesmo ao lado dela se é que me entendem. blargh, velho ainda por cima