terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Preciso de férias. De estar longe da faculdade. Ando cansado e ainda vou ter uma catrefada de exames práticos antes das férias de Natal, mas nem é bem por isso que preciso de férias. O que eu quero mesmo é um tempo afastado daquele ambiente. Afastado das pessoas. Não de todas, claro. Porque existem boas. Mas há gente muito mesquinha e eu não convivo bem com elas, não consigo que não me salte a tampa. É que há pessoas intragáveis. Que só estão bem a fazer mal, só ganham o dia quando chateiam alguém ou quando têm uma discussão. Pessoas com duas caras, que nos mostram que a cobardia não tem limites. Que não são capazes de dizer nada na cara. Só espero que isto não seja uma amostra do mercado de trabalho. Ninguém merece trabalhar com pessoas assim. Quem diz trabalhar diz partilhar o mesmo espaço.

2 comentários:

joana disse...

Faz parte da aprendizagem. E sim seria muita sorte não teres pessoas assim no mercado de trabalho.
Ainda assim, desejo-te sorte para os exames :)

MK disse...

Antes de mais...Boa sorte para o trabalho que ainda vais ter antes das "férias"

Depois, eu também preciso das férias. Mais pelo ambiente que me tem rodeado do que pelo trabalho. Faz como eu.. imagina que vais ter a sorte de ganhar o euromilhões ou totoloto e que essa vai ser a oportunidade perfeita para teres umas merecidas férias. Sonhar não custa! ;)
Até isso acontecer.. é mesmo ignorar essas pessoas e manter-nos perto daquelas que são as "boas pessoas".