sábado, 4 de agosto de 2012

Por falar em peripécias

Oh pessoas com menos de dois dedos de testa, tomem lá atenção se fazem o favor. Levar máquina fotográfica para uma discoteca com o intuito de tirar fotografias com os amigos, não me parece mal. Mas poucas fotografias, nada de passarem a noite a captar cada momento. Levar a máquina fotográfica e andar com ela na mão à espera de avistar famosos para tirar a bela da foto para espetar no facebook... isso minha gente é que já é ultrapassar, e muito!, a linha do ridículo e a linha do que para mim é tolerável. E sim, eu sou a pessoa que assim que se apercebe que esse momento está prestes a acontecer se afasta para não ter de servir de fotógrafo enquanto vê o famoso ser lambuzado e abraçado pelas fãs. Been there done that. E sai daqui um apelo para que o vencedor da casa dos segredos não volte a frequentar os mesmos espaços nocturnos que eu. 

1 comentário:

O Sexo e a Idade disse...

Odeio tanto quando isso acontece!