segunda-feira, 18 de junho de 2012

Ode à minha querida coordenadora de estágio

Tu, que és a coordenadora de estágio que ninguém deveria ter
Que pensas erradamente que tens piada
Que de certeza que não passas de uma frustrada

Tu, que não devias ter boca, qual Hello Kitty
Que merecias andar de burca para bem nação
Que tens a maturidade mais pequena que a de um bebé anão

Tu, que possivelmente não pertences à espécie Homo Sapiens Sapiens
Que és maldizente e invejosa
Que, como se não bastasse, ainda és horrorosa

Tu, que gostas que te dêem graxa
Que testas a minha paciência até mais não
Que não sabes o que é ter educação

Tu, que és de baixo nível
Que não enganas gente (que como eu) é astuta
Tu... és PUTA.


Qualquer comentário que não contribua para o escárnio da grande querida que é a minha coordenadora de estágio será removido. Vamos embora, não se poupem nas críticas por favor.

5 comentários:

patriciaruivo disse...

mas que bela ode!

mas e a voz do bicho? aposto que é toda dengosa.

Johnny disse...

É irritante, como a dona.

Ca disse...

continuo a dizer que há aí tensão sexual não resolvida ahahaha convida-a para um café!

Ca disse...

bebé anão? :O LOOOL os bebés têm pouca maturidade, mas os bebés anões... ai LOL

Johnny disse...

Era para rimar. O Eça que há em mim disse-me que não faria melhor. Perante um conselhos desses não faria sentido alterar o verso!