sábado, 12 de maio de 2012

Que se cumpra a tradição

É hora de tirar o traje do armário para dar início à despedida da vida de estudante universitário. É hora de receber fitas com dedicatórias daqueles de quem mais gostamos e de escrevermos mensagens emocionadas e cheias de piadas a quem partilhou connosco a vida académica. É hora de ir à serenata, a última enquanto estudante, e de chorar, sem ter vergonha, ao som da guitarra portuguesa. É hora de dizermos a quem marcou esta etapa que foi imprescindível nos últimos cinco anos e que tem que continuar a estar presente. É hora de comemorar e de brindar uma e outra vez e mais umas quantas vezes até perder a conta. É hora de benzer as fitas e de seguida levá-las até à queima, para no final gritar bem alto o grito académico com os restantes alunos do ano. É hora de dar e levar com muitas três bengaladas na cartola. É hora de ouvir tunas e de dançar ao som de música pimba, que tão bem caracterizam as semanas dos estudantes. É hora de fazer bem a despedida, para não haver remorsos e para seguir em frente, olhando para trás apenas com saudade.

3 comentários:

A Meu Gosto disse...

Cá estaremos :p

Heriwen disse...

Fiz o mesmo esta semana que agora termina. Muita lágrima, muita emoção =)

Parabéns finalista!

*LaVieEnBleu* disse...

Não há melhor vida que a de estudante universitário! Queixamo-nos das aulas, dos trabalhos, dos exames... Mas a verdade é que quando essa fase está prestes a terminar bate uma vontade de voltar ao principio e reviver tudo de novo...