sábado, 24 de março de 2012

Já me tinha esquecido do quanto gosto disto


Chego ao ginásio cheio de motivação para a minha primeira aula de spinning e sou informado que não haverá aula. É nessa altura que o sedentário que vive em mim tem oportunidade de me conformar e de me convencer que não há nada a fazer, paciência, a ideia era boa, é esse o espírito, mas terá de ficar para a próxima. Para espanto meu (e do sedentário) saí do ginásio decidido a não passar a tarde a papar séries e filmes e quando dou por mim estou a correr. Na rua. O que já não acontecia desde... Agosto. E o curioso é que estou em melhor forma do que pensava. No primeiro minuto pensei que seria muito bom correr uns minutos, poucos, claro, não fosse eu abusar e despertar músculos adormecidos há meses que se fariam sentir nos próximos três dias. Mas não, o maratonista que há em mim armou-se em forte e vá de correr qual Carlos Lopes. Até agora está tudo bem, mas se não postar nos próximos dias não se preocupem, é sinal que não saí da cama. 

2 comentários:

Heriwen disse...

Fazes muito bem =)
Para mim correr é um ritual.
Carry on!

Lucy disse...

Ahahahah Depois da minha primeira aula de Gap nem sabia andar.... foi bonito foi!!
Eu não gosto nada de correr. Força nisso ;)