sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O karma é um gajo lixado

Existem espécimes humanos que, não sei porque carga de água, passam a vida a pôr os seus pares à prova nas condições mais inoportunas. Não sei se para mostrarem à audiência que aquele ser que está agora a ser questionado não sabe tanto quanto julgam saber, se por puro prazer ou se por uma tremenda falta de dois palmos de testa. Mas também não me interessa averiguar a razão para esse tipo de actos. Importa-me sim, que o feitiço se vire contra o feiticeiro. E tem-me alegrado constatar que, de facto, essas pessoas, quando expostas sem armas a não ser a própria cabeça, fraquejam ao mínimo arrojo e cometem os maiores disparates. Não há dúvidas: o karma é lixado.


3 comentários:

60 Sinais disse...

O karma tem é dias que é lixado para o lado errado --'. As pessoas têm falta de passatempo, por isso é que fazem essas coisas! Parvoeira...enfim --'

Senhor Geninho disse...

As pessoas com essa atitude só demonstram insegurança. Colocar os outros em situações dessas é a melhor maneira de evitarem que façam o mesmo com eles...

Fi disse...

Aiai o karma é aquela cena... Calha a todos, é o que é ;)