sexta-feira, 24 de junho de 2011

Época de exames finais #9

Quando a vontade de estudar roça ali os -10% não vale a pena insistir. É pegar em nós e sair de casa, espairecer a cabeça, ir ao café, ver um filme que nos faça rir ou ir almoçar fora. Considero que o insucesso (ou o sucesso, mas fraquinho) de muita gente é julgar que quantidade de horas de estudo é igual a qualidade. Essa proporcionalidade até pode existir, mas não é assim tão linear.

3 comentários:

Sentimento disse...

Como eu entendo...*

Roxanne disse...

pois... eu ontem estava a cair de sono às 10 da noite, se insistisse nao ia fazer nada. fui dormir!

Girls Next Door disse...

O problema é quando o lazer começa a ter uma percentagem maior que o estudo. Aliviar a tensão sim, facilitar nao :) beijinhos