quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Se um dia arrendar uma casa minha ou alugá-la apenas por uns dias ou uma semana, a primeira coisa que faço é montar um sistema de vigilância. Não para espiar a vida das pessoas, quero cá saber eu disso, mas sim para contar quantos gatos pingados andam por lá. É que se a casa é para quatro, não é para ser habitada por dezassete. Não dá jeito (ou até dá, mas eu não acharia graça nenhuma).

E porquê esta conversa toda?

Porque vou de passagem de ano. Eu e mais treze. Para uma casa com (supostamente) capacidade para sete pessoas. Os moralistas que se poupem nas críticas se faz favor. Não somos delinquentes, apenas jovens de mesadas limitadas que querem ter uma passagem de ano em condições.

Portanto, adeusinho. Até para o ano que eu vou para Óbidos. Para a ginginha, para a Vila Natal e... para a boa vida.

Bom ano novo para todos.

5 comentários:

Filipe Ribeiro disse...

Ahahahah! Só há uma coisa a dizer... não faças aos outros o que não gostas o que te façam a ti.

Boa estadia em Óbidos e boas entradas!

Fi disse...

Bom ano novo! :)

Missy C. disse...

A Vila Natal é altamente (:

Bom ano novo :b

... disse...

Xerox dos meus veraneios! hehe... É praxe a super população nas casas de praia no verão. Eu adoro! :D

Mary disse...

Nunca fui à Vila Natal, deve ser bem gira! Sobretudo depois de umas quantas ginginhas!
Espero que tenham estimado a casita, lol!
Um excelente 2011!
http://amarycanlife.blogspot.com/