sábado, 3 de julho de 2010

É só na minha rua que isto acontece?

Findada a nossa passagem pelo Mundial da África do Sul, eis que tudo sossega. Parece-me que já ninguém se lembra que tem 5 vuvuzelas em casa. Aqui na rua já ninguém põe os beiços no instrumento mais irritante da década e, felizmente, voltei a sentir que moro num sítio sossegado. Não quero fazer muito alarido à volta deste assunto que tanto me anima, que esta malta é bem capaz de encher os pulmões de ar e passar 3 horas seguidas com a vuvuzela na boca só para contrariar a minha felicidade. E eu que tanto preciso de silêncio para me concentrar no estudo. Obrigado vizinhos. Prometo que se continuarem a portar-se bem como nos últimos dias já não executo o plano de vingança que tinha em mente: reproduzir todas as músicas dos Metallica aos altos berros às 3 ou 4 da manhã com todas as janelas abertas, só mesmo para vos mostrar que todos os vizinhos conseguem ser desagradáveis quando querem e que eu não sou excepção. Da minha parte, se a paz continuar a reinar por cá, não haverão retaliações. Amigos como antes!

4 comentários:

Fi disse...

Ia mesmo escrever sobre isso! Na minha rua não acontece a mesma coisa! A criancinhas continuam a soprar naquilo como se não houvesse amanha!

JoanaMacedo disse...

O acidente foi grave, eu é qe tive sorte :)
obrigada, beijinho <3

Andreiazita disse...

Por aqui na minha terra o ambiente também acalmou, ainda bem. Estudar com barulhos horríveis vindos da rua não é nada agradável.

Perigosa disse...

Acho que vivo em Marte e não sei.. na minha rua só se ouviu uma vez uma vuvuzela