segunda-feira, 12 de julho de 2010

Detesto os casalinhos que vão para o centro comercial pavoniar-se e dar o ar da sua graça para mostrarem ao mundo o quanto estão apaixonados. Não vão lá para comprar nada. Ou melhor, compram. Um gelado para partilharem. E lá andam eles nos corredores de mãos dadas a passo de caracol. E as pessoas que estão ali porque querem realmente comprar alguma coisa têm que levar com estes parasitas que não sabem o que é estar numa esplanada ou  num jardim, o que é passear à beira rio ou outra coisa qualquer que permita namorar sem atrapalhar a vida dos consumidores. Nós, adeptos do consumismo (ou não), só queremos que esta gente horrível desapareça dos centros comerciais. Se me estão a ler sigam mesmo o meu conselho, porque não sou eu o único a fazer exercícios de respiração para me acalmar quando vocês impedem o caminho.

6 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Pior é quando vão na rua (sempre estreita) de mãos dadas, e o amor é tanto que nem reparam que vem gente atrás que se movimenta a mais de 3 km/hora. E depois ainda olham de lado quando lhes gritamos "com licença!!!"

MA disse...

Desculpa, mas, costuma dizer-se que quem está mal, que se mude...

Quando e como eu quiser disse...

Eu até poderia mudar-me e escolher outro centro comercial, mas acontece o mesmo em todos e é lá que dá para comprar as coisas, não há como evitar. Continuo a defender que o ar puro faz bem e que um bom jardim é um óptimo sítio para se ir namorar.

2amigas disse...

E quando se metem aos beijos nas escadas rolantes mesmo à nossa frente? E a comerem-se nos elevadores? Santa paciência.

Sophie

Ritchie disse...

eu faço os mesmos exercicios que u. juro que não consigo perceber... será assim tão romântico, ou excitante, andar a lambuzarem-se todos num gelado arrastarem-se pelos corredores de um centro comercial?
com tanta praia, tanto café, esplanda, jardim, palácio ou monumento para se ir e passear... não se entende.
adoro ir ao shopping e ás compras... mas gosto de ser eficaz e prático... ir de um lado ao outro o mais rapidamente possivél e não andar ali a empatar!

Perigosa disse...

Permite-me discordar contigo mas não há sitio mais romântico para namorar que o centro comercial.. No meio dos saldos.. no meio de montes de roupa, montes de pitas de 12 anos a escolher tops de mulheres na berska.. Os homens todos cá fora no corredor à espera que as suas mulheres desgastem a banda magnética do seu cartão d crédito.. Diz-me lá se no meio disto tudo alguém resiste em não dar um beijo à sua cara metade e fazer-lhe uma declaração? Enfim.. Tenho saudades dos tempos em que se escreviam cartas de amor ridiculas.. em que o tornozelo era uma das partes mais sexy de uma mulher.. tenho saudades daquele embaraço de uma mulher perante um elogio de um homem. Não sei mesmo em que direcção caminhamos.

Mais um post fantástico